Disk Chopp em Curitiba

41 3333.0044 Segunda a sábado das 9h às 18h

Cerveja de qualidade: tudo o que você precisa saber!

Para qualquer tipo de comida ou bebida, suas características sensoriais são vitais para depreender a qualidade do produto. E para uma cerveja de qualidade não é diferente.

Ao tomarmos cerveja, são vários os elementos que entram em contato com nossas papilas gustativas. As papilas gustativas são responsáveis por reconhecer o sabor das substâncias ingeridas. O gosto de uma cerveja irá depender de como as diversas substâncias que uma cerveja contém interagem com essas papilas.

Na língua, local em que ocorre esse processo, são quatro os gostos primariamente detectados: doce, salgado, azedo e amargo.

O que faz uma cerveja de qualidade?

cerveja de qualidade

Doçura de uma cerveja

O sabor doce que pode ser sentido em uma cerveja é uma consequência da presença de carboidratos residuais.

Acidez

A acidez de uma cerveja é, sem muitas surpresas, causada pela presença de ácido no produto final. Tipicamente, o pH das cerveja variam entre 3,9-4,4. Quanto menor o volar do pH de uma cerveja, mais ácida ela será. E, inversamente, quanto maior seu valor, mais alcalina.

Sal

O sal presente nas cervejas é consequência da presença de ânions e cátions. Cátions e ânions contribuem para a qualidade gustatória de sais simples.

É interessante notar que regiões que são historicamente famosas pela qualidade do processo de fermentação da cerveja, como Burton-sur-Trent, Pilsen e Munique se tornaram populares por causa da água utilizada.

A água utilizada para a fermentação nesses locais apresenta um conteúdo iônico que era particularmente favorável para o processo de produção.

Amargura

É inegável que a amargura de uma cerveja é uma característica quase que universalmente reconhecida por todos que a apreciam. E também daqueles que não gostam do sabor. A amargura é causada por um gruo de componentes chamados isso-alfa-ácidos.

E o aroma da cerveja?

O aroma também é um item essencial para atestar uma cerveja de qualidade. Você sabia que muitos componentes que são considerados gostos são na verdade detectados pelo nariz? Isso ocorre por causa da conexão entre a língua, garganta e a passagem nasal. O aroma de uma cerveja acaba então seno o resultado não apenas de cheirá-la, mas também pela destilação de compostos voláteis da cerveja quando levados á boca.

É importante notar que a cerveja é uma bebida de grande complexidade química. No caso do aroma, ele não pode ser caracterizado apenas por um ou alguns componentes bem definidos. As classes de componentes que dão o aroma para a cerveja são:

  • Ésteres;
  • Álcoois;
  • Dicetonas Vicenais;
  • Compostos sulfúricos;
  • Lúpulo;
  • Aromas maltados

O sabor da cerveja

Um termo tão simples como ‘sabor’ pode ser muito enganador. Ele acaba incorporando a experiência do consumidor no momento de comer ou tomar algo. Por exemplo: você já experimentou uma cerveja que, após algum tempo, não parecia ter o mesmo gosto das outras vezes?

Para muitas cervejas, as características que as definem é a amargura, o álcool e o dióxido de carbono. Já elementos como o lúpulo, frutado/ esterificado e o sulfeto de dimetilo ajudam na identificação de diferentes marcas.

Viu só? Uma cerveja não é algo simples. E uma cerveja de qualidade menos ainda! Fique atento a todas essas características noseu próximo happy hour!

 

Referência

BAXTER, E. D., HUGHES, P. S. Beer: quality, safety and nutritional aspects. Cambridge: The Royal Society of Chemistry, 2001.

 

Você também poderá se interessar por…

>> Os 5 países que mais consomem cerveja no mundo

>> Quais as diferenças entre chopp e cerveja?

>> As 5 melhores opções de chopp Germânia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Ligue Agora