Disk Chopp em Curitiba

41 3333.0044 Segunda a sábado das 9h às 18h

Lúpulo, um ingrediente especial

Quando se fala na fabricação de cerveja e chopp, o lúpulo é sempre mencionado. Também pudera: o lúpulo é um dos principais ingredientes de ambas as famosas bebidas, proporcionando a elas características e benefícios especiais.

Mas, afinal, o que é o lúpulo? Trata-se de uma flor da família das canabidáceas, isso mesmo, da maconha. No entanto, não se assuste, pois o lúpulo não tem efeito entorpecente, somente dá amargor e aromas variados à cerveja ou chopp.

Existem diversos tipos de lúpulo, o que possibilita criar opções de cerveja e chopp com aromas e sabores diferenciados. Há, por exemplo, lúpulos gramíneos, que dão um toque de erva para as bebidas.

flores_lupulo.noticia

Outros lúpulos disponíveis são os terrosos, frutados e florais, que podem tanto ser utilizados sozinhos como combinados, dando aroma e sabor único para a cerveja ou chopp.

Justamente por proporcionar aroma e sabor à cerveja e chopp, o ingrediente é considerado como o “tempero” de ambas as bebidas, tal como o sal e condimentos utilizados no preparo de refeições do dia a dia.

O lúpulo ainda desempenha outra função importante na composição da cerveja e chopp. O ingrediente possui efeito bactericida, preservando a bebida, além de reduzir o risco de contaminações e do consumidor contrair infecções e demais doenças.

É também por causa do lúpulo que a cerveja e o chopp são consideradas bebidas que fazem bem à saúde. O motivo é simples: o ingrediente conta com poderosos antioxidantes naturais, que promovem benefícios para o organismo.

Um deles é o retardamento da deterioração do tecido celular, evitando o desenvolvimento de doenças degenerativas, como a artrite reumática e câncer. Outro benefício é a prevenção do envelhecimento precoce, mantendo a pele com boa aparência.

Esse potente ingrediente é adicionado à cerveja e chopp numa das principais etapas de produção das bebidas, a fervura do mosto, que geralmente dura de uma a duas horas.

Durante esse processo de fervura, o lúpulo é acrescentado em vários momentos, conferindo à bebida o aroma e sabor que o mestre cervejeiro deseja. Apenas após a fervura o lúpulo é separado do mosto, que por sua vez é resfriado e segue para a fermentação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *