Disk Chopp em Curitiba

41 3333.0044 Segunda a sábado das 9h às 18h

Degustação de cerveja: o que analisar?

Há quem pense que só se faz degustação de vinho. Ledo engano. Também dá para realizá-la quando o assunto é cerveja, analisando pontos específicos da bebida para julgar sua qualidade.

 Mas, quais seriam esses pontos notados na degustação das cervejas? São quatro: a apresentação, aromas, sabores e a sensação. Para entender cada um deles, confira a lista abaixo e aplique esses conhecimentos para degustar cervejas corretamente!

 – Apresentação: esse ponto tem a ver com o visual e a aparência da cerveja. Nesse momento, é feita a análise da garrafa, seu rótulo, para verificar informações sobre a cerveja, e do comportamento da bebida no copo.

clube-cerveja-bebida-20130228-01-size-598

Assim que servida, deve-se realizar uma análise da cor da cerveja, bem como de sua textura, carbonatação, presença de partículas suspensas na bebida e a durabilidade de seu creme.

– Aromas: essa é uma das etapas mais complexas da degustação de cervejas. Ela tem a ver com a memória olfativa de cada pessoa e sua capacidade de identificar cheiros.

É nesse momento que se analisa o aroma que predomina na cerveja, se o de flores, frutas, ervas, caramelo, especiarias, dentre outros. Caso não consiga identificar esses cheiros rapidamente, gire levemente a bebida no copo, para soltar seu aroma.

Nessa etapa, é preciso tomar um cuidado: após quatro inspirações seguidas, os sensores olfativos ficam confusos e não identificam os cheiros, o que pode prejudicar a degustação. Por isso, faça sempre uma pausa entre as inspirações.

– Sabores: essa etapa tem a ver com a memória gustativa e a habilidade na identificação de gostos específicos. É nesse momento que se avalia se a cerveja é amarga, doce, ácida ou azeda, verificando ainda a intensidade e duração desses gostos na boca, para descobrir predominâncias.

Em seguida, é analisado se a cerveja possui sabor de malte, levedura, lúpulo e outros ingredientes familiares, como o café e chocolate, que são comuns em cervejas escuras, por exemplo.

– Sensação: nessa etapa final da degustação é avaliada a sensação tátil da cerveja em contato com a boca, se é muito líquida ou cremosa, sua textura e a carbonatação, verificando também a facilidade para bebê-la.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *